segunda-feira, 30 de julho de 2018

Aventura do RPG no Brasil - O Primeiro Livro


Olá, pessoal! Estou de volta ao Tomos de Sabedoria para apresentar uma nova coluna: A Aventura do RPG no Brasil.

A ideia aqui é muito simples, vou trazer conteúdos que falem sobre a história do nosso hobby aqui em terras brasileiras. Podem ser textos, entrevistas, resenhas, várias coisas, o importante é que tudo que aparecer aqui terá relação com o tema. Introdução feita, vamos ao primeiro assunto.

Como essa é a primeira coluna, vamos começar falando da primeira coisa relacionada a RPG que saiu oficialmente por aqui. E não foi D&D, não foi Dragon Quest, não foi Hero Quest, tampouco os livros da série Aventuras Fantásticas. O primeiro lançamento RPGístico em terras brasileiras foi o livro-jogo Lobo Solitário – O Fugitivo das Trevas, escrito por Joe Dever com ilustrações de Gary Chalk.

Pioneiríssimo!
Trazido pela editora Bertrand Brasil em 1989, Lobo Solitário – O Fugitivo das Trevas tinha tudo que a série Aventura Fantástica apresentaria um ano depois com Cidadela do Caos, seu primeiro lançamento no Brasil.

“Essa coleção da Bertrand Brasil (...) já tem os elementos que a gente vai ver no próprio Fighting Fantasy. Tem uma planilha um pouco diferente. Já tem aquelas ilustrações fantásticas que fizeram sucesso na década de 1990.” (Canal do Youtube Dungeon 90 - https://youtu.be/tmLzQ3-sG9Q?t=10m6s)

Lançada originalmente nos EUA em 1984, o livro apresentava regras mais complexas do que as vistas na série Aventuras Fantásticas, inclusive permitindo que o jogador montasse seu personagem e escolhesse habilidades especiais para usar durante a aventura.
Outra coisa digna de destaque é que os livros da série contariam como uma única campanha, ou seja, você poderia começar o livro seguinte com todos os itens e habilidades que tinha no anterior.

Apesar do pioneirismo, a Bertrand Brasil não trouxe as continuações da série Lobo Solitário.  Anos mais tarde, vendo o sucesso que conseguiu com a série Aventuras Fantásticas, a editora Marques Saraiva relançou o primeiro livro com o título Fuga da Escuridão em 1995 e trouxe o restante da série nos anos seguintes.

Desculpem pela qualidade ruim,
foi o que deu pra achar
Por hoje é só, pessoal. Obrigado por lerem a nova coluna e podem esperar pela próxima logo mais.

PS: Ficou curioso para jogar? O livro está oficialmente disponível de forma gratuita na internet em vários formatos. Infelizmente, ele não possui versão em português.


8 comentários:

  1. Ótimo artigo Miguel. Nunca tinha ouvido falar desse livro-jogo e fiquei bem curioso com a possibilidade de criar o personagem ao selecionar suas habilidades. Ansioso pela continuação da série. Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Miguel. Belo nome, por sinal. =P

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante, TB não conhecia essa versão

    ResponderExcluir
  4. Boa iniciativa com esses novos posts.

    ResponderExcluir
  5. Que massa... Tá aí uma parada que eu não sabia! Muito bom esse resgate histórico!

    Por falar em aventuras-solo, além de outras séries à parte da clássica Aventuras Fantásticas, seria legal uma matéria comentando sobre as histórias-jogo que foram publicadas nas páginas da Dragão Brasil, que tal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugestão anotada. Obrigado por ler e comentar. Abraço!

      Excluir